DÉCOLLAGE | FLAMINGOS

 

A série de Flamingos é composta de 18 desenhos, nomeados com números.
As obras estão divididas entre três tamanhos e cada obra tem 5 exemplares numerados e assinados.
FICHA TÉCNICA

Técnica: Digital, giclée ou digigrafia que, como o próprio nome diz, é a obra do artista elaborada a partir de um arquivo digital.
Impressão fine art.
Papel Photo Rag 308g, 100% algodão, de altíssima qualidade, oferece um suporte resistente ao envelhecimento, é acid free e têm durabilidade garantida pelo fabricante de até 200 anos, em condições de conservação museológica.

Horizontais (Largura x Altura)
Tamanho 1 / 120×86,60 cm / Papel 121×87,60 cm / Flamingos 6, 11 e 15 / 5 exemplares
Tamanho 2 / 83,13×60 cm / Papel 84,13×61 cm / Flamingos 13, 16 e 18 / 5 exemplares
Tamanho 3 / 60×43,30 cm / Papel 61×44,30 cm / Flamingos 8, 16 e 17 / 5 exemplares

Verticais (Largura x Altura)
Tamanho 1 / 86,60×120 cm / Papel 87,60×121 cm / Flamingos 1, 9 e 14 / 5 exemplares
Tamanho 2 / 60×83,13 cm / Papel 61×84,13 cm / Flamingos 3, 5 e 12 / 5 exemplares
Tamanho 3 / 43,30×60 cm / Papel 44,30×61 cm / Flamingos 2, 4 e 10 / 5 exemplares

FLAMINGOS

O flamingo é uma ave pertencente à família Phoenicopteridae da ordem Phoenicopteriformes, seu nome científico phoinikopteros (grego), significa que possui as asas vermelhas, com as penas das asas vermelhas. O vermelho do latim: ruber, rubro. Os flamingos são aves pernaltas, de bico encurvado, que medem entre 90 e 150 cm. Conhecido também como flamengo, flamingo-grande, ganso-do-norte e ganso-cor-de-rosa. Nascem brancos ou cinzas e adquirem a cor rubra, pela ingestão por filtração de microrganismos ricos em carotenoides e algas presentes na água. Vivem em zonas aquáticas, lagoas rasas e lamaçais ricas em sal que costuma gerar lesões futuras. São aves gregárias, que vivem em bandos numerosos formando casais monogâmicos. Ao acasalarem na primavera, fazem seus ninhos de lama, estruturado em uma altitude de 10 a 40 cm. Cada casal gera e choca um único ovo. O alimento regurgitado ao filhote é líquido e vermelho como sangue. Existem no mundo 6 espécies de flamingos, duas das quais ocorrem no Brasil: o flamingo-chileno (Phoenicopterus chilensis), que pode ser observado no sul do país, e o flamingo-americano (Phoenicopterus ruber), que nidifica no extremo norte do país, região do Cabo Orange, no Amapá (onde se reproduzem). Antigamente chegava até o Estado do Rio Grande do Norte, como atesta uma pintura pré-histórica encontrada no município de São Rafael.