BIO

Adonis Galvão, artista visual que iniciou com o trabalho gráfico, hoje aborda também o naturalismo, levando-o à pintura. Suas obras abordam questões como identidade e ideal nacional frente a visão estrangeira. Filho de pai português e mãe brasileira com sangue indígena, nasceu no Brasil em 1972, na cidade modernista Cataguases, da Zona da Mata Mineira, que o influenciou pela Arte e Arquitetura. No Rio de Janeiro cursou comunicação social e trabalhou com moda. Em São Paulo se especializa em design gráfico, conhece e trabalha para vários Artistas, inclusive como modelo, mas a pulsão em avançar na criação o leva ao Ateliê da Rua Nilo com Manoel Canada onde se aprofundou mais no ofício. Atualmente mora na Ilha da Madeira, Portugal.

 


 

Sou um Artista visual que usa recursos digitais e físicos como meio, para fazer uma abordagem naturalista de questões como identidade, lugar e relações, muitas vezes com a representação de aves e figuras humanas para lançar uma reflexão sobre Equidade, que consiste na adaptação da regra existente à uma situação concreta.
Eu trabalho sobre bases que crio para ali encontrar as formas imaginadas.
Basicamente recrio o que vejo, baseado em experiências e registros pessoais para as pinturas, portanto mais realistas. Para os trabalhos geométricos, normalmente de representações do que eu não presenciei eu faço pesquisas visuais. Em ambos a paisagem de fundo é alinhada a um caminho e sentido. A questão é sobre olhar, reflexão, manipulação e adaptação das formas.